Morreu na manhã desta quinta-feira dona do hit ”Chorando se foi”

Loalwa-Braz-a

Loalwa Braz Vieira, 63 anos, dona do Hit ”Chorando se foi” foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira (19) em um carro incendiado em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Segundo a polícia, homens invadiram a pousada de Loalwa, de 63 anos, onde ela também morava, e a colocaram no carro onde o corpo foi encontrado, na Estrada da Barreira, no Distrito de Bacaxá. A 124ª Delegacia de Polícia investiga o caso. Segundo informações preliminares da polícia, dois homens foram vistos na casa da cantora, que fica próximo ao local do crime. Ainda não há informações sobre a ligação da dupla com o caso.

Loalwa Braz ficou conhecida como a voz da lambada nos anos 80. Vocalista do grupo Kaoma, ela alcançou o topo das paradas musicais com “Chorando se foi”, que foi levada a 116 países ao longo de duas décadas. Um dos discos mais famosos foi “Worldbeat” (1989), que, além de “Chorando se foi”, trazia a faixa “Dançando lambada”. A cantora teve mais de 25 milhões de discos vendidos e mais de 80 discos de ouro e de platina.

right

”Loalwa foi a voz do Kaoma de 1988 a 1999, período em que propagou a lambada no Brasil e no mundo. Promovida pelo Kaoma em 1989, ano em que a lambada era um dos ritmos preferenciais da indústria fonográfica do Brasil, a gravação de Chorando se foi adquiriu caráter histórico pelo sucesso superlativo. A música é versão de Llorando se fue, canção de ritmo andino composta por Chico de Oliveira e Gonzalo Hermosa-Gonzales, tendo sido lançada em disco em 1981 pelo grupo boliviano Los Kjarkas. A música tinha tudo para ficar restrita ao universo musical boliviano se não tivesse sido gravada pelo grupo Kaoma, com o autoexplicativo título de Lambada, no primeiro álbum da banda, World beat, lançado no fim de 1988.” (MAURO FERREIRA G1

 

 

Não deixe de acompanhar nosso blog e redes sociais, toda semana temos conteúdos  para você!

 

Redes Sociais:

Facebook

Instagram

Google Plus

 

About Author

Marco A Martinho

Comments

Deixe uma resposta